O primo Basílio, Eça de Queiros

Livro lido: O primo Basílio, Eça de Queiros
Luisa e Jorge são um casal perfeito na Lisboa antiga. Jorge viaja a trabalho e Luisa começa a receber visitinhas do primo Basílio, paixonite da adolescência. Sua criada Juliana descobre o romance , rouba algumas cartas e começa então a chantagear Luisa .
Fazia tempo que queria reler esse clássico, e chegou a hora. Apesar da linguagem rebuscada e de ser bastante descritivo, eu amei . Eça se utiliza da descrição detalhada do meio para “justificar” o comportamento de seus personagens. Luisa era fútil e fraca pq o ambiente lhe fez assim, Basílio era cafajeste pq todos eram assim, Jorge acreditava que podia trair pq era homem, e a vida era assim. E Juliana, ahhh Juliana estava se defendendo como um animal que precisa de proteção para a velhice. Algum deles estava errado? Nem sei, viu? O único do qual sinto raiva é Basílio, mas entendo suas atitudes também.
Chato mesmo foi que assisti a minissérie da Globo quando era criança e fiquei com Marilia Pera e Giulia Gam o tempo todo na cabeça, e gosto de imaginar as minhas própias caras pros personagens.
O que mais me chamou atenção foi que para uma mulher a traição significava quase a morte. Para os homens era só mais uma, uma distração , um direito natural que ninguém questionava. Muita hipocrisia da sociedade da época, creio que esse tenha sido o objetivo do autor: mostrar a sociedade como ela era.

 

basilio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s