COLECIONADORES

paifig

Recebo em meu trabalho diariamente clientes de todos os tipos. Os colecionadores são um grupo muito especial. Em uma era digital, de streamings de música, filmes, revistas, por que alguém ainda adquire DVDs, CDs, discos de vinil e até fitas K7? Não coloco os livros nessa pergunta, pois considero que ler um livro físico é uma experiência sensorial bem diferente de ler um livro digitalizado.

Um colecionador tem prazer em organizar, expor e desfrutar de seus itens. Gosta dos encartes, das capas(e como não amar as capas dos velhos LPs, sem retoques, com uma simplicidade  que hoje parece ingênua para grandes celebridades). Prensagens, tipos de materiais, ilustrações, autógrafos, sinais dos proprietários anteriores. Tudo enriquece a experiência. Meu pai tem dezenas de álbuns de figurinhas. Aos 75 anos, sai todos os dias para  feiras de trocas com seus amigos. Conta ele que, quando criança, ganhou um dinheiro de sua madrinha e gastou tudo em figurinhas, completando o álbum em um dia. Sua mãe ficou furiosa e o fez queimar o tão sonhado álbum, folha por folha  no fogão à lenha. Hoje, por pirraça, diz querer ter “a  maior coleção de álbuns do Brasil”. Assim como muitos outros jovens e idosos, coleciona esses e outros objetos por hobby e fonte de cultura.

Cabeça de colecionador é assim: cheia de sonhos. Sorte a minha poder conviver com pessoas tão especiais. Cultivadores de sonhos que nunca envelhecem, pois estão sempre se alimentando de interesses e amizades novas e antigas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s