PODE ME CHAMAR DE FRANCISCO

Resultado de imagem para pode me chamar de francisco

Está disponível no catalogo da Netflix a minissérie “Pode me chamar de Francisco”, que conta a jornada de Jorge Mario Bergoglio desde a juventude até se tornar o Papa Francisco. De seu trabalho em um laboratório, passando pela descoberta da vocação, as feridas da terrível ditadura argentina, o chamado à liderança na Igreja culminando com  o Conclave que o levou ao papado. Mesclando vida pessoal à história da Argentina, nos  conquista já no primeiro capítulo.

Bergoglio decide ser padre e sonha em ser missionário no Japão. Porém, acaba dando aulas de literatura para adolescentes rebeldes em uma escola. Jorge Luis Borges e outros autores chegaram a visitar as aulas, tentando motivar os alunos a escrever. Durante a ditadura, o padre abriga no colégio  um jovem ateu comunista. Veste-lhe de padre, empresta-lhe a sua própria identidade e o ajuda a fugir pelo Brasil. Ainda há uma cena em que  preside uma missa para os ditadores e tem uma certa crise de fé , morando na Alemanha. A natureza calma, tranquila, humilde e disciplinada de Jorge Mario é todo o tempo destacada. Sentimos junto a ele os dramas internos  pelos quais passa, tendo de tomar decisões pouco populares, muitas vezes.

A série mescla um pouco de ficção com histórias verídicas. Desperta em nós curiosidade sobre a história de nossa vizinha Argentina e sobre a personalidade desse grande líder, forjado  nas dificuldades e no amor. Ficamos esperando uma continuação, agora com seus desafios na liderança da Igreja Católica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s