COLECIONADORES

Resultado de imagem para coleçoes

Trabalho  a maior parte do tempo com livros, mas vendo também CDs, DVDs, LPs e revistas em quadrinhos antigas. O mercado de livros costuma ser  composto de pessoas calmas,  que me indicam leituras, autores, dão dicas preciosas. Alguns são mais falantes, outros  cumprimentam e  ficam horas  perdidos entre as estantes, em um silêncio  que não temos mais o hábito de contemplar.

O mercado de colecionadores de música e quadrinhos têm apreciadores um pouco diferentes, que demonstram suas paixões de forma muito mais clara. Óbvio que toda generalização é burra e equivocada, mas entre meus clientes tem sido uma constante. Quadrinhos  e discos de vinil parecem assuntos insossos, né? Você nem imagina as brigas gigantescas que acontecem nos grupos de colecionadores. Confesso que tenho receio de postar algo “errado” e sofrer um linchamento virtual, pois são paixões avassaladoras. Experimente mexer com aquela coleção tão sonhada, limpa, organizada, que custou uma fortuna. Coração de colecionador é muito sensível e esta coluna vem como um aviso de CUIDADO, piso molhado, cerca eletrificada, área radioativa, entrada permitida apenas à pessoas autorizadas. Não diga que é infantilidade, bobagem, dinheiro jogado fora. Não peça um valor alto demais por um item. Mercado de usados é confiança e parceria.

E quando, sábado a noite, os meninos e meninas já bem crescidos forem para aquele oásis dentro de casa onde guardam seus discos, seus livros, suas histórias em quadrinhos …deixe-os sonhar. Como dizem por ai: eles poderiam estar roubando, matando, fazendo textões no Facebook e incomodando por aí.

O QUE REALMENTE IMPORTA?

Resultado de imagem para o que realmente importa

Anderson Cavalcante nos convida em seu livro “O que realmente importa?” a responder esta pergunta tão comum e tão difícil, que pode mudar o rumo  de nossas vidas se conseguirmos responde-la com consciência.

O  famoso e temido comportamento de manada está cada dia mais presente em nós.Serão nossas decisões de compra, pensamentos, estilos de vida realmente livres de pressões externas? Dificilmente. Você sabe qual é a sua essência? Sua vida pessoal, profissional e amorosa estão de acordo com seus valores? Tem metas e objetivos claros e coerentes? Sua vida tem feito sentido? O que você sonhava era trocar suas horas de vida por dinheiro em um trabalho que detesta, rodeado de pessoas que você somente suporta, perdendo a saúde e a alegria de viver? Carros, casas, viagens, roupas caras realmente são importantes para você, ou poderia viver com menos tranquilamente? Deixo abaixo um trecho do livro, espero que você goste:

“Somente com uma visão mais aguçada você será capaz de ver a vida por outro ângulo, de perceber o que realmente importa, que a vida só faz sentido se você estiver realizando, contribuindo, servindo a algo maior que seus próprios interesses, vivendo sua missão. Se assim fosse, tenho certeza que não teríamos bilhões  de calmantes sendo consumidos por ano, pois as pessoas passariam a ter  mais saúde física, mental e espiritual, e, de quebra, um sono tranquilo. As pessoas que descobriram que a vida deve ser vivida  em sua plenitude e abundancia conseguem trabalhar pesado e ainda ter energia para curtir a família e a si mesmas. Depois de um dia assim,  dormirão bem , sabendo que no dia seguinte estarão energizadas e recuperadas para continuar a caminhada rumo à sua missão.”

UMA LIÇÃO DE CORAGEM

Resultado de imagem para liçao de coragem shackleton

De 1914 a 1916, Shackleton e sua tripulação sobreviveram ao naufrágio de seu navio, o Endurance, esmagado pelo gelo na Antártida, distantes quase dois mil quilômetros da civilização. Sem meios de comunicação ou esperança de socorro, em temperaturas baixíssimas. Comeram pinguins, cães e focas. Quando a situação se agravou, a capacidade de liderança do líder da expedição fez com que todos se salvassem. A história completa você pode encontrar em “ A incrível viagem de Shackleton”, de Alfred Lansing – livro do qual já falamos em colunas anteriores.

Em “Shackleton-uma lição de coragem”, de Margot Morrell e Stephanie Capparell,  as autoras analisam em detalhes todos os aspectos que o fizeram se destacar como um mestre na arte de liderar. Sua biografia nos revela que ele foi um homem que soube ensinar a si mesmo a ser excepcional, conquistando a lealdade de seus  companheiros. Ao longo do livro, resultado de um primoroso trabalho de pesquisa,  descobrimos que as características  de comando podem ser aprendidas. Nada melhor do que uma ótima história, rica em  personagens cativantes  e desafios impressionantes, para nos fazer ver as qualidades de um verdadeiro líder. Seja contratando uma boa equipe, apoiando, incentivando, administrando crises com recursos limitados, criando ordem a partir do caos ou liderando pelo exemplo pessoal de otimismo, humor, força e compaixão, Ernest Shackleton é um  modelo que todos podemos seguir. Um brilhante líder , que foi bem sucedido porque  pôs as pessoas em primeiro lugar e triunfou quando tudo estava contra ele.

TIME DOS SONHOS

 

Resultado de imagem para time sonhos verissimo

Luis Fernando Verissimo é um dos escritores mais populares e  respeitados do Brasil. Filho do romancista Érico Verissimo, teve sua obra traduzida para 17 línguas. É torcedor do Internacional de Porto Alegre ( como eu ) e autor de best –sellers como “O melhor das comédias da vida privada”, “Comédias para ler na escola” e “As mentiras que os homens contam”.

Aproveitando o clima de Copa do Mundo, sugiro hoje “Time dos sonhos”. O  autor examina os paradoxos do esporte, que vai do épico ao mundano na duração de um passe. Algumas crônicas  nos colocam para pensar, como a que afirma que o futebol é uma mistura de xadrez  com boxe; outras nos arrancam risos, como aquela em que um coração vai parar na Copa do Mundo. A maioria delas provoca as duas reações.

“Só o futebol permite que você sinta aos 60 anos exatamente o que sentia aos 6. Todas as outras paixões infantis ou ficam sérias ou desaparecem, mas não há uma maneira adulta de ser apaixonado por futebol. Adulto seria largar a paixão e deixar pra trás essas criancices: a devoção a um clube como se fosse nossa outra nação, o desconsolo quando perdemos, a exultação com a vitória. Você pode racionalizar a paixão, mas é sempre fingimento. Dentro do mais teórico e distante analista e do mais engravatado cartola aproveitador existe um guri pulando na arquibancada”.

Que a próxima edição dessa coluna nos encontre felizes como crianças, sendo qual for nossa idade cronológica. Histórias de Copas do Mundo todos têm marcadas na memória. As mais doloridas e as mais felizes. Bem que dessa vez podia ser uma feliz, né?

CONECTADOS

Resultado de imagem para solidao conectados

 

Anda circulando por aí o vídeo de um coral de crianças em uma apresentação  intitulada “Conectados”. Creio que seja de alguma escola adventista, pela descrição. A música e letra são de Daniel Salles. Pena que mesmo assim , muitos pais continuaram com os celulares em punho, filmando e vendo a vida através da tela. A filmagem a qual me refiro foi feita pela própria escola e disponibilizada no YouTube. Procure ver.  É bastante emocionante  e nos convida  a refletir  enquanto vemos e ouvimos as vozes infantis cantando a seguinte letra:

De corpo presente, cabeças ausentes visitando um mundo paralelo.

Com olhos na tela e sites na rede somos gente, mas não temos elo!

Como se a vida fosse nos doar cem anos mais -desprezamos as pessoas preferimos só as coisas com bluetooth  e wi – fi.

Como se o tempo num loop fosse aqui se repetir

a gente segue se perdendo em muitos cliques por aí.

Fica na sua que eu fico na minha, se me irritar eu te deleto. Curtimos, postamos, pra selfie sorrimos quantas vezes não se sabe ao certo!

Tanta energia nos dedos, mas tão fraco o coração, nos tornamos graduados em nós mesmos, temos pós em solidão.

Fato é que a vida e o tempo não irão se repetir. E agora o que faremos, o que iremos decidir?

Desliga, desconecta, e sem pressa vem aproveitar o por- do- sol comigo!

Aqui, bem agora, nessa hora,  vou compartilhar o melhor arquivo: o tempo com você!